Ex-ministro quer relatório da PF e vai à Justiça

by

Patricia Büll

O ex-ministro da Saúde e pré-candidato do PT ao governo do Estado de São Paulo, Alexandre Padilha, disse que vai entrar na Justiça para ter acesso ao relatório completo da Polícia Federal que ligou seu nome ao do doleiro Alberto Youssef. Ele afirmou que irá interpelar judicialmente quem “usou seu nome em vão”.

“Mente quem estabelece qualquer envolvimento meu como doleiro. Fiquei extremamente indignado em fazerem uma ligação a partir da troca de mensagens de terceiros que não tinham nenhum envolvimento como Ministério da Saúde”, afirmou Padilha, que disse ainda ter interrompido uma viagem da “Caravana Horizonte Paulista”, que visita cidades do interior, para esclarecer a acusação. Padilha reconheceu, entretanto, que foi procurado mais de uma vez pelo deputado licenciado André Vargas (que se desfiliou do PT na sexta-feira), sobre o laboratório Labogen.

O interesse, disse, era apresentar o laboratório como uma empresa interessada em fazer negócios com o Ministério. “Em todas as vezes indiquei que ele fizesse o encaminhamento formal ao Departamento de Ciência e Tecnologia, seguindo os procedimentos de transparência que criamos”. Padilha evitou responder se o vazamento do relatório teria sido feito por adversários. Mas, disse que não tem medo de “cara feia” e que continuará apontando os problemas de São Paulo: “Se tivesse medo, não teria implantado o Mais Médicos, quando meus adversários questionaram até minha formação”.

Fonte: Brasil Econômico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s